Vida na Escola

Vamos falar de Python

Para começar, um pouco da história. O Python surgiu na década de 1990 e foi criado pelo programador holandês Guido van Rossum. O nome é em homenagem ao grupo de comédia britânico chamado Monty Python. 

O objetivo era que essa linguagem fosse fácil e intuitiva, boa o suficiente para ser competitiva no mercado; ser open source, ou seja, aberta a quaisquer contribuições no desenvolvimento; de fácil compreensão, e utilizável para todos os tipos de complexidade.

E o que torna Python tão especial assim?

Basicamente pela facilidade em: aprender, ensinar, usar, entender, e instalar. O Python é gratuito, tem uma lógica e linha de raciocínio bem simples e é bastante direto. Além disso, ele é multiplataforma. Sendo assim, você pode criar um único programa com a possibilidade de ser usado em vários serviços operacionais.

Mas a maior desvantagem é que ele precisa de um programa que interprete os códigos criados no Python. Com isso, em vez de “compactar” tudo no compilador e deixar pronto, o interpretador vai ler e reproduzir linha por linha do código, o que pode custar um bom tempo dependendo do projeto.

Mesmo assim é um bom ponto de partida! E já te garante uma ótima base no mundo da programação. 

Conte para a gente suas experiências mais marcantes com o Python!

, , , , , ,

Deixe sua opinião

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

LEIA TAMBÉM

Menu