Avaliação
Institucional


A Avaliação Institucional é um dos componentes do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e, de acordo com o MEC, está relacionada:

  • À melhoria da qualidade da educação superior;
  • À orientação da expansão de sua oferta;
  • Ao aumento permanente da sua eficácia institucional e efetividade acadêmica e social;
  • Ao aprofundamento dos compromissos e responsabilidades sociais das instituições de educação superior, por meio da valorização de sua missão pública, da promoção dos valores democráticos, do respeito à diferença e à diversidade, da afirmação da autonomia e da identidade institucional.

A Avaliação Institucional
divide-se em duas
modalidades:

Autoavaliação

É coordenada pela Comissão Própria de Avaliação (CPA) de cada instituição e orientada pelas diretrizes e pelo roteiro da auto-avaliação institucional da CONAES.

Avaliação Externa

É realizada por comissões designadas pelo Inep (um órgão governamental). A avaliação externa tem como referência os padrões de qualidade para a educação superior expressos nos instrumentos de avaliação e os relatórios das auto-avaliações.

CPA

Em seu conjunto, os processos avaliativos constituem um sistema que permite a integração das diversas dimensões da realidade avaliada, assegurando as coerências conceitual, epistemológica e prática.
A CPA é responsável por identificar os êxitos e fragilidades da instituição e envolver a comunidade acadêmica no processo avaliativo. É também seu papel promover a melhoria contínua. Ela foi constituída, com mandatos regulares, de acordo com o estabelecido na lei número 10.861 de 14 de abril de 2004 e de acordo com a portaria/MEC número 2.051 de 9 de julhos de 2004. Ela é composta dos seguintes membros:

Andre Kischinevsky

Pró-Reitor e chefe de AI, Presidente da CPA
Representante da área de avaliação institucional (AI)

Victor Hugo dos Santos Bazoli Rodrigues

Diretor Financeiro
Representante da mantenedora

Adriana Vidal

Assistente de AI
Representante do corpo técnico-administrativo

Paulo David de Jesus Tostes dos Santos​

Coordenador Pedagógico
Representantes das coordenações pedagógicas

Maria Eugenia Costa Sayão

Gerente Acadêmica
Representante das gerências acadêmicas

Paulo David de Jesus Tostes dos Santos

Professor
Representante do corpo docente

Alexander Ferreira Francisco

Professor
Representante do corpo docente

Abilio Bittencourt

Representante do Corpo Discente (titular)

Luiz Edgar Tabajara Baims

Empresário
Representante da sociedade civil

Natasha Caminha

Representante do Corpo Discente (suplente)

Em resumo, as atribuições da CPA são:

  • Definir e aprimorar os instrumentos que integram o processo de avaliação institucional.
  • Aplicar os instrumentos levantando informações de caráter avaliativo sobre a instituição.
  • Relatar os resultados e sugerir medidas à administração da instituição.

Você pode entrar em contato diretamente com a CPA pelo e-mail cpa@infnet.edu.br.

Acesse aqui o último relatório elaborado pela CPA, com considerações referentes ao ano de 2018.

Você aqui o último Relato Institucional, uma síntese das avaliações do Instituto Infnet, atualizado até o meio de 2019.

Leia também nosso Relatório Anual de Valorização da Diversidade de 2019, que traz dados e análises sobre a diversidade no corpo técnico-administrativo, no corpo docente e no corpo discente do Instituto.

Além da CPA, o Instituto Infnet é avaliado regularmente pelo MEC, através da autorização e reconhecimento de graduações, de visitas de recredenciamento e de conceitos como o Conceito Institucional, que avalia a instituição como um todo, na modalidade presencial e a distância, e o IGC Contínuo, gerado a partir da média das avaliações dos cursos a partir do ENADe e outras informações. Essas são as notas obtidas pela instituição:

  • Conceito Institucional (CI): Nota 4 (em 5)
  • Conceito Institucional (CI) para o EAD: Nota 4 (em 5)
  • Índice Geral de Cursos (IGC): Nota 4 (em 5)

Essas são as notas obtidas pelas nossas graduações nas visitas de avaliação externa do MEC:

  • Banco de Dados, presencial: Reconhecida com nota 4 (em 5)
  • Gestão da TI, presencial: Reconhecida com nota 5 (em 5)
  • Gestão da TI, a distância: Autorizada com nota 4 (em 5)
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas, presencial: Reconhecida com nota 5 (em 5)
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas, a distância: Reconhecida com nota 5 (em 5)
  • Engenharia de Computação: Reconhecida com nota 4 (em 5)
  • Engenharia de Software: Reconhecida com nota 4 (em 5)
  • Sistemas de Informação: Reconhecida com nota 4 (em 5)
  • Administração: Autorizada com nota 4 (em 5)
  • Marketing: Reconhecida com nota 5 (em 5)
  • Design Gráfico, presencial: Reconhecida com nota 4 (em 5)
  • Design Gráfico, a distância: Autorizada com nota 3 (em 5)
  • Comunicação Social – Publicidade e Propaganda: Reconhecida com nota 5 (em 5)
  • Cinema e Audiovisual: Autorizada com nota 4 (em 5)
  • Produção Multimídia: Reconhecida com nota 5 (em 5)

Nas últimas cinco visitas de avaliação externa realizadas pelo MEC, nos anos de 2018 e 2019, em três delas os cursos foram avaliados com nota máxima (5 em 5) e em duas delas com nota quase máxima (4 em 5). Em função do bom desempenho do Instituto em avaliações externas, alguns cursos de graduação foram autorizados com dispensa de visita externa de avaliação.