Responsabilidade
social


O Instituto Infnet acredita que sua atividade, por si só, já tem um forte impacto transformador, pois forma profissionais de alto nível para o mercado de trabalho. Além disso, a instituição impacta diretamente a sociedade colaborando em ações sociais de diferentes naturezas.

O Instituto concede bolsas de estudos regularmente para seus cursos em turmas abertas, através de programas governamentais como ProUni e FIES e de programas criados pela própria instituição como o Estude Sempre. O Programa Estude Sempre oferece bolsas crescentes que podem chegar a 75% do valor dos cursos, na medida em que os alunos fazem cursos (graduação, pós-graduação e extensão) no Infnet. Além disso, incentivamos nossos alunos de graduação a se aprofundarem nos tópicos que tem mais interesse com uma bolsa de 50% em cursos de extensão.

Também possuímos o Programa de Bolsas por Mérito e Necessidade, que oferece bolsas de 25% a 100% em graduações, pós-graduações e formação, para alunos que demonstrem possuir mérito acadêmico e necessidade social. São mais de 30 bolsas distribuídas por ano, após a cuidadosa análise dos candidatos.

Além disso, em eventos em colaboração com outras organizações ou do próprio Instituto, frequentemente também oferecemos bolsas, ingressos e outras ofertas direcionadas para alunos, tomando cuidado especial com alunos bolsistas.

Em parceria com a Prefeitura e articulação com a Assespro, o Infnet participa do projeto Forsoft, que já existe há mais de 8 anos e formou centenas de jovens para atuarem no mercado de TI, tendo sido inclusive premiado pelas Nações Unidas. Tratam-se de cursos gratuitos de Programação de Computadores, Administração de Sistemas e Inglês Instrumental voltado para a TI, para jovens com idade entre 18 e 24 anos, que estejam no último ano do Ensino Médio. Esses jovens, apadrinhados por empresas que os contratam após o curso, têm fortes chances de seguirem carreira em TI e ascenderem socialmente. Os cursos são realizados nas instalações do Infnet.

Desde 2000, o Infnet realiza ciclos de palestras e mini-cursos abertos ao público, totalmente gratuitos, sobre temas relacionados aos seus cursos. Os ciclos de palestras dão o conhecimento inicial a milhares de profissionais e futuros profissionais que, de outra forma, não teriam acesso ao tipo de conteúdo oferecido. Já assistiram aos cursos mais de 50 mil pessoas, de todas as classes sociais com acesso à internet.

O Instituto já colaborou diretamente para projetos de ONGs como a Ação da Cidadania, COEP (Rede Nacional de Mobilização Social) e o Banco da Providência. Aproveitando-se do ciclo de palestras, o Infnet já arrecadou com seus alunos mais de 30 toneladas de alimentos, que foram doadas ao Instituto de Apoio e Assistência Social Casa do Papai Noel, ao Movimento Viva Rio e outras ONGs de igual seriedade.

O Infnet mantém, desde 1997, um banco de empregos gratuito na Internet, que funciona no site TI Master (www.timaster.com.br) e permite que uma média de 40 profissionais por mês se recoloquem no mercado de trabalho. Este empreendimento, que também fornece serviços de apoio à carreira dos profissionais, é gratuito e tem o papel de facilitar a inclusão social dos seus usuários no mercado de trabalho.

Os empreendedores do Instituto Infnet, após extensivo processo seletivo internacional, foram selecionados e reconhecidos pela ONG Instituto Empreender Endeavor, que apoia empreendedores baseando-se na sua capacidade de ação e padrões de ética e responsabilidade social. Eles fazem parte de uma rede e apoiam a própria Endeavor e outros empreendimentos iniciantes, principalmente por seu exemplo e disponibilizando seu tempo para aconselhamento e troca de ideias. Em outras ações, como a iniciativa do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo e a parceria com a Associação dos Mentores do Brasil – ABMEN, o Instituto estende suas ações de responsabilidade social na direção da cultura do empreendedorismo, algo em que seus fundadores acreditam que, profundamente, pode transformar a realidade social do país.

Os alunos do Infnet também são estimulados a aprender os valores éticos relacionados a responsabilidade social e sustentabilidade ambiental, em todos os programas de graduação. Diversos projetos ligados a causas como a TI Verde, a acessibilidade física e digital, a responsabilidade social ou mesmo serviços de utilidade pública vêm sendo formulados por alunos e professores.

Os alunos graduação em Design Gráfico, por exemplo, elaboraram dois projetos para utilidade pública. O primeiro foi fazer o redesign do Museu do Paço Imperial, localizado no Centro da cidade do Rio de Janeiro. O segundo trabalho foi desenvolver um projeto sobre a sinalização e acessibilidade das paradas de ônibus localizadas na Avenida Rio Branco, também localizada no Centro do Rio.

Em outras iniciativas, o Infnet também busca promover causas relacionadas a à responsabilidade social, em conjunto com suas áreas de atuação, em escolas do ensino médio.

Por exemplo, realizou várias edições do Concurso EcoBag, voltado para os alunos de escolas de ensino médio. Neste concurso, os participantes do concurso criam uma arte com um tema socialmente responsável. Assim, além de conhecerem mais e se desenvolverem em sua área de interesse, também se envolvem com temas socialmente relevante. Na imagem, os vencedores de um concurso que teve a sustentabilidade como tema.

Em outras situações, o Instituto patrocina projetos culturais associados às suas áreas de atuação e com relação a causas socialmente relevantes, especialmente quando tais projetos envolvem membros do corpo docente ou discente.

 

O conjunto de ações e iniciativas relacionadas à responsabilidade social vem garantindo, ao longo dos anos, que o Infnet seja reconhecido como uma instituição socialmente responsável, obtendo o selo correspondente da ABMES.